Geléia de laranja.

31 de dez de 2010

1 comentários


(Em inglês)


Eu precisava de geléia laranja pra usar em um bolo,
resolvi usar um método clássico de fazer geléia de fruta.
Na verdade, o mais complicado foi libertar as laranjas das cascas, casquinhas, sementinhas...

Ô de casa.

25 de dez de 2010

0 comentários




(Em inglês)


Eu sei, eu sei.
É hoje que a maior parte das famílias se reúne pra comemorar o natal.
Mas no nosso caso, comemoramos antecipadamente, já que hoje não ta todo mundo aqui.
Então almoçamos coisas simples, e à noite estivemos em um jantar com uma família amiga.

Presentes.

24 de dez de 2010

1 comentários





Esse ano, meus presentes pras pessoas queridas foram biscoitos.

Pão moreno.

19 de dez de 2010

2 comentários


O negócio é o seguinte: lugar de comida é na mesa ou na barriga,
nunca no lixo.
No outro dia, fiz muitas bolachinhas de natal. E por um capricho meu acabei passando todas elas no cortador de novo depois de assadas, porque queria que ficassem todas iguaizinhas, redondinhas.
Bom, o que fazer com as 3 xícaras que sobraram de bolacha esfarelada? Pão!

Esquilo!

16 de dez de 2010

0 comentários


(Em inglês)


Pra alegrar a vida do menino, que ta morrendo resfriado e não pode nem sair de casa,
fiz uns esquilos.

Sopa.

0 comentários


(Em inglês)


Já dizia o ditado, a pressa é amiga de quem tem prazos a cumprir.

Café da manhã especial.

1 comentários


Já que é fim de ano e tudo ta uma corrida maluca,
pelo menos o café da manhã pode ser bonitinho.
Mini panetone que apareceu em casa + chá no bule que 
acabei de ganhar de presente. :)
(obrigada, Ric!)

Jantar tostado.

15 de dez de 2010

1 comentários


(Em inglês)


Gosto de muitas coisas,
uma delas é comida com casquinha torrada.
Então hoje tostei batata doce pra comer com um pouco de brócolis
(aparentemente, o maço que comprei nunca vai acabar).

Tá calor, né?

9 de dez de 2010

0 comentários

(Em inglês)


Pois é, tá calor.
Mas eu nem ligo, fiz sopa mesmo assim.


1 berinjela pequena em cubos minúsculos
1 cenoura em cubos
1 maço de brócolis (com folha e caule e tudo)
1 cebola em tiras
1 alho fatiado fininho
1 chaleira de água fervendo (precisão de medidas não é meu forte)
1 ou 2 colheres de sopa de azeite de oliva
raspa da casca de 1/2 limão
sal a gosto


Depois de lavar as verduras e colocar o brócoli de molho, piquei a berinjela em cubos de 0,5cm.
Refoguei primeiro o alho e depois a cebola no azeite até ficar macio e começar a dourar, então acrescentei a berinjela. Refoguei até ficar murcha, acrescentei a cenoura.
Quando a cenoura ficou macia, joguei a água e deixei tudo ferver por uma meia hora.
Bati umas 4 conchas de vegetais no liquidificador pra formar o caldo (cuidei de deixar a cebola fora disso, porque prefiro ela em pedaços grandes) e voltei pra panela por mais meia hora.
Quando deu esse tempo o caldo já tinha encorpado um pouco, aí coloquei o brócolis picado grosseiramente e as raspas de limão, deixei por mais 5 minutos com a panela tampada.
Temperei com sal, e até pensei em pôr uma pimenta do reino, mas deixei de lado por causa do calor.
A raspa de limão dá um sabor bem gostoso na sopa, faz que ela não pareça tão invernal.
Sei lá. Vi isso numa receita de lentilha uma vez e gostei muito.
:)

Panquecas de abobrinha e ricota.

7 de dez de 2010

2 comentários


(Em inglês)


Dessa vez inspirada pela Flávia, fiz panquecas pro almoço.
É bom que é rapidinho e fica sempre gostoso.


1 xícara de farinha branca (usei 3/4 farinha branca e 1/4 farinha integral)
1 xícara de leite
3/4 xícara de água
1 ovo
1 pitada de sal


Primeiro de tudo, misturei todos os ingredientes da massa.
Ela precisa descansar por +- 20 minutos antes de fritar.
A idéia de acrescentar farinha integral não deu muito certo, porque mesmo que eu desse uma
mexida na massa cada vez antes de fritar, ela ficou quase toda no fundo. É a vida.
Pra ficar tudo mais prático, preparei a massa dentro da minha xícara medida, assim é só ir derramando direto na frigideira.


Enquanto a massa descansa, preparo o recheio:
refoguei em azeite de oliva um dente de alho picado beeem miudinho,
depois uma abobrinha grande, também picada em cubos pequenos.
Acrescentei um dedo de água e deixei cozinhar até ficar macia, mexendo de vez em quando.
No final de tudo joguei cubos pequenos de ricota (acho que era +- 30g, vai do gosto do freguês), sal, pimenta do reino e salsa.
Tampei a panela, desliguei o fogo e retomei a massa.


Ponho um tiquinho de manteiga na frigideira, espalhando com um guardanapo, e frito porções pequenas de massa. Espalho a massa pra ficar redondinha, mexendo a frigideira, e quando o lado de baixo da panqueca solta da frigideira, viro e deixo tostar um pouco mais.
Essa massa fica bem boa de enrolar, bem molinha, apesar de ficar seca por fora.


Coloquei porções pequenas de recheio dentro de casa panqueca e polvilhei parmesão ralado antes de enrolar. Mmmm!


Consegui 10 panquecas, e hoje vou almoçar algumas delas acompanhadas de beterraba em conserva.

Chimia.

2 de dez de 2010

2 comentários


Chimia de banana. Mmmm.
Não sei ainda como se faz pra que ela não fique com esse tom rosado/lilás que acho meio esquisito. Mas fica tão bom com um pãozinho de café da manhã!