Pães de fubá.

4 de mar de 2011



(Em inglês)


Com o tempo frio, nada mais reconfortante que um pãozinho saído do forno.
Esse aqui é fofinho e delicioso, adaptado do wild yeast.
Ele tem tempos longos de crescimento, mas não exige que você fique se ocupando dele por muito tempo.



1 1/2 xícara de farinha branca
2/3 xícara de fubá mimoso
2/3 xícara de água morna (é bom ter um pouco a mais, caso precise)
1 1/2 colher de sopa de fermento biológico seco
5 colheres de sopa de azeite de oliva
1 1/8 colher de sopa de sal
1 colher de sopa de açúcar


Misturei todos os ingredientes em uma tigela, e mexi com uma colher de pau até que a massa ficasse homogênea e macia. Deixei crescer coberta com plástico e um pano de prato, em cima de uma bolsa de água quente, também coberta com pano de prato.
(É que a minha cozinha não tem um lugar onde eu possa esconder o pão das correntes de vento).
Depois de uma hora de crescimento, dobrei* a massa.
Depois de mais uma hora de crescimento, dobrei de novo.
Depois da terceira hora de crescimento, separei a massa em 12 bolinhas iguaisdeixando crescer por 20 minutos cobertas.
Então moldei** direitinho os pães e deixei crescer, cobertas, por mais duas horas.
Terminado este tempo, pré-aqueci o forno a 210oC, e coloquei um pouco de água para ferver. Quando a água ferveu, baixei a temperatura do forno para 180oC e coloquei a forma com os pães.
Coloquei também uma outra forma, onde despejei com cuidado a água fervida.
O vapor desta água serve pra que a casca dos pães fique mais crocante e com uma cor mais viva. Deixei assar por 15 minutos com a forma de água dentro do forno, e mais 15 sem.


* Dobrar a massa é um jeito delicado de remover o gás e estimular o aumento da elasticidade.


   Se faz assim:
 
 


** Para moldar os pães, a moça do wild yeast recomenda essa técnica.
    Acho que a questão toda é pro pão ficar macio, mas aqui não tenho certeza...
    Se faz assim, e coloca na forma com a emenda para baixo:


1 comentários:

Marmita disse...

Oh.. por aí tb chove :( Aqui tanto chove como faz sol.. Seja como for com chá quente ou gelado esses paizinhos devem saber muito bem. A tua imagem ficou linda com a chuva na janela. Adorei!

Quanto ao meu bolo de gengibre, usei do fresco... Adoro o perfume que fica na massa do bolo e o sabor é optimo.

Postar um comentário